[Livro] O vilarejo - Raphael Montes

Tudo começa assim:

  • Uma coleção de livros de uma Senhora falecida 
  • Um manuscrito ilustrado, escrito em uma língua estranha 
  • Um convite ao escritor Raphael Montes para "aproveitar" o que quisesse disso tudo 
  • Uma leitora (eu) maluca por demônios e contos sombrios 
  • Uma nova paixão para mim: Raphael Montes 







Sinopse: Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome.






Classificação


As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão.

O Vilarejo é dividido em 7 contos, cada um fazendo referência à um dos 7 demônios que são, geralmente, conhecidos pelos seus 7 pecados principais - os nossos 7 pecados capitais.

O legado mais famoso do padre Binsfeld é a classificação dos demônios, escrita em 1589. De acordo com seu trabalho, cada um dos demônios, os Sete Reis do Inferno, era responsável por invocar um pecado capital nos seres humanos: Asmodeus (luxúria), Belzebu (gula), Mammon (ganância), Belphegor (preguiça), Satan (ira), Leviathan (inveja) e Lúcifer (soberba)".
Essa fórmula, nas mãos certas, não tinha como dar errado. E não deu!

Abaixo segue a descrição destes 7 contos que fui resenhando conforme lia, portanto acompanhem as minhas reações que foram transferidas ao papel em tempo real. (haha soou sério isso)

Duvido que alguém vai resistir à essa obra!

*****

1 - Beuzebu - BANQUETE PARA ANATOLE

Conto sombrio, recheado do mais puro terror que é, se ver em meio ao nada. Aqui é o Demônio Belzebu quem dá as cartas e espalha toda sua FOME.

Felika, mãe de duas crianças, cuida como pode de sua família faminta, enquanto espera seu marido voltar. Ele saiu há algum tempo, atrás de comida e ainda não voltou. O frio assola o vilarejo, assim como a fome, mas Felika é precavida e sabe manter suas crianças bem. Ao contrário dos outros moradores do local, que possivelmente já morreram de fome.

As crianças comem de dois em dois dias. Felika, acostumada ao protesto da barriga, de quatro em quatro. Por seus cálculos, os mantimentos do esconderijo duram mais cinco semanas".
Ela poupa energia como pode, faz o que pode para sobreviver, mas até quando conseguirá manter a calma?

Ninguém chora os mortos. Não podem desperdiçar energia lamentando a partida dos que não suportaram o frio e a fome".

Conto curto e muito gostoso de ler. Final incrível!

*****

2 - Leviathan - AS IRMÃS VÁLIA, VELMA E VONDA

Três irmãs, duas delas (gêmeas) com propensão à escrita. A terceira, bem mais velha tinha inclinação apenas para namorar o rapaz mais belo do vilarejo.

Sabe como é né? A criança cresce criando histórias, aprende escrever ficção, junto disso, por um azar do destino, se apaixona pelo namorado - bem mais velho - da irmã e logo nasce o inevitável: INVEJA

É irônico que, na ficção, um homicídio surja como solução para seus problemas".

Esse conto delicioso, na proporção que uma história de terror pode ter. (Bem, para mim é perfeito!) Raphael Montes me surpreende a cada frase.

*****

3 - Lúcifer - O NEGRO CAOLHO

O vilarejo agora é visitado pelo Demônio Lúcifer, que espalha a SOBERBA para seus moradores.

Um negro chega ao vilarejo. É diferente de todos (loiros de olhos claros) e assusta os moradores. Os homens o prendem e se preparam pra matá-lo quando a sra. Helga se adianta e o salva. Ela vê naquele negro, caolho e maltratado, um homem igual os outros e cheia de compaixão o acolhe em sua casa.

— O mundo não se resume a este vilarejo no meio do nada, sr. Ivan. Existem outras línguas. E outros tons de pele. O fato de sermos todos brancos, de olhos claros, não nos torna melhores ou piores.
Quando seu marido chega, dias depois, se sente incomodado com a presença de um nego, mas os argumentos de sua esposa, são convincentes e ele acaba por acatar tal empregado.

— O homem negro apara o jardim, varre a casa, limpa as janelas e canta para Iuri dormir sem que tenhamos que pagar nada. Tenho trabalhado bem menos desde que ele chegou e me dedicado mais ao nosso filho".

Mas as pessoas não o aceitam de forma alguma e sua diferença parece ser passe livre para a degradação. A sra. Helga se mantém íntegra, até que um dia recebe a visita de um vendedor que a alerta sobre a natureza selvagem de homens (negros) como seu empregado. Preocupado, diz a ela para observar os movimentos do negro e ficar esperta, sempre. E é isso que ela faz.

Sem se dar conta, a sra. Helga para de chamá-lo de Mobuto e, como todos no vilarejo, passa a chamá-lo de negro".
O negro é bom. A sra. Helga também, mas até onde vai a resistência dos dois. Ela contra toda a sociedade e ele contra todas as humilhações que a vida lhe impõe todos os dias. Esse conto é ótimo no começo e angustiante a medida que vai evoluindo. Devorei em minutos. Impossível parar der ler. Cometi o pecado da gula aqui! #medo

****

4 - Asmodeus - A DOCE JEKATERINA

Esse conto é interessante, porque trás a LUXÚRIA junto de uma personagem que já conhecemos em um conto anterior, mas anos depois de sua primeira aparição, o que nos faz pensar que os sete demônios, realmente, visitaram o vilarejo, mas em épocas diferentes.

Mikhail é um rapaz com um fetiche por mulheres gordas. Vive aos extremos da vida, bebe muito e se delícia em bordéis, gastando o pouco que ganha de uma vez só. Sua vida seguiria esse curso até o final, se um dia sua vista não caísse, por acaso, em sua vizinha, uma garotinha de 13 ou 14 anos e, para o azar dela, seu apetite sexual mudou.

O plano veio da urgência de tocá-la, de consumi-la. Já não bastavam os olhares furtivos, já não bastava o perfume que captava em perseguições mais ousadas..."

Mikhail se rende a sua nova obsessão e acaba sequestrado a pequena Jekaterina, abusando da menina como lhe convinha. À base de ameaças, recorreu ao seu pequeno corpo várias outras vezes e assim foi até que ela, por circunstâncias maiores, acabou se mudando do vilarejo.

Mikhail cresceu e se tornou um obeso mórbido. Sua vida miserável tomou o rumo esperado e o leitor pode imaginar que Jekaterina também se tornou adulta. O fim do conto é ótimo. Pura luxúria. Vibrei até a última linha!

*****

5 - Belphegor - A VERDADEIRA HISTÓRIA DE IVAN, O FERREIRO

Está cada vez mais difícil fazer essa resenha, porque agora, tudo pode virar um grande spoiler.

O demônio da vez, trás a PREGUIÇA nas costas e conta a história de Ivan, um homem forte e enorme que finge gostar do seu trabalho, quando na verdade deseja dormir o dia todo.

Veio ao mundo com uma força negativa. Era assim que ele chamava a sensação, de força negativa. Algo inanimado e abstrato que pesava em todos os seus pensamentos. Convivia com isso desde sempre. Uma apatia que o convidava a ficar na cama, uma repulsa dos serviços físicos prolongados e das jornadas cansativas".

E para vencer aquela maldita "força negativa" que o assolava, o homem encomenda duas garotinhas negras à um comerciante e as ensina seu ofício. Com isso pode ao mesmo tempo, se tornar o maior ferreiro da vila enquanto dorme, deliciosamente, em sua cama quentinha.

Mas espere, nada é coincidência nessa vila. Um dia, um negro enorme, forte e caolho aparece por ali e a sorte pode vir a mudar a vida de Ivan. Também não podemos nos esquecer dos outros demônios que já passaram pela vila e outros que ainda estão por aparecer.

Tudo está se conectando aqui! Os personagens reaparecem e sanam nossa curiosidade de forma esplêndida. Estou apaixonada por esse livro!

*****

6 - Mammon - O PORQUINHO DE PORCELANA DA SRA. BRANKA

Quando Latasha nasceu, já era órfã de pai e ficara, naquele instante, órfã de mãe também. Sorte que a vida colocou a avó, Branka, no seu caminho. Mas, assim como os moradores daquele vilarejo já vinham comentando há tempos:

...uma maldição recaiu sobre o vilarejo; vivem um período de trevas, pontuado por desgraças familiares, com atos de barbárie e violência".

Branka era uma avó dedicada, mas muito preocupada com o dinheiro. Tinha uma estima profunda pelo seu contador e seguia a risca o que ele dizia. E foi, por conta de um dos conselhos do homem, que na juventude de Latasha, Branka reformulou toda a sua vida, em busca de reduzir os gastos e aumentar o ganho da casa: Não havia mais carne durante as refeições, as massas eram servidas sem molho e as roupas costuradas em tecido mais pobre.

A menina chora muitas noites. Está fadada às garras vigilantes da velha que coleciona moedas num porco maldito".
Latasha passou a viver uma vida de inferno por causa da GANÂNCIA de sua avó e, por conta disso, sentia ódio profundo da velha. Mas um dia, por sorte dela talvez, Branka sofreu um pequeno acidente e...

Uau, mais um conto incrível! Como já disse, estou resenhando enquanto leio e não consigo me conter quanto a empolgação de terminar aqui e partir para o próximo conto. Vou ali e já volto.

*****

7 - Satan - UM HOMEM DE MUITOS NOMES

Muito obrigada, Raphael Montes, por dificultar ao nível “máster” o meu trabalho de resenhar.

Como falar de um conto que é puro spoiler? Fechando o ciclo do livro - de forma impecável - o próprio demônio da IRA, derrama seu horror em um desfecho incrível.

Muitos personagens voltam à trama e fecham o ciclo da maldade, desenhada desde o primeiro conto. Não posso falar mais nada!

*****

O epílogo é um show à parte. Deu arrepios e foi quase melhor que os contos! Nada fica de fora, nada é por acaso. A trama é muito bem elaborada e a escrita, sem comentário. É ÓTIMA.

Não é para menos que Raphael Montes está sendo comparado ao Stephen King e isso é uma responsabilidade enorme nas costas. Acho que com um pouco mais de bagagem ele poderá carregar uma coroa de príncipe (rs)

Ps: Ele é brasileiro! Um VIVA para ele!


12 comentários

  1. Camila,
    O Natal se aproxima...

    As luzes cada vez mais brilham nas ruas...

    Que no Natal a maior luz brilhe dentro de cada coração. Essa é a que vale realmente!

    Mesmo ausente e ainda assim ficarei por algum tempo,vim apenas deixar meus votos de um Natal maravilhoso e 2016 recheado com tudo que cada um desejar! Por motivos óbvios, trago mensagem colada, mas vale a intenção e desejos!

    beijos, chica

    ResponderExcluir
  2. Olá Camila!
    Gosto muito de livros de terror e a sua resenha, como todas as demais que li, só trazem elogios. Muito curiosa para ler esse livro!
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas | SORTEIO 250 SEGUIDORES! NOS SIGA E PARTICIPE :)

    ResponderExcluir
  3. Oie Camila =)

    Mais um livro que leio resenhas positivas, mas que por não ser muito meu estilo tenho receio de ler. Sou medrosa então fujo de livros de terror rs...

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  4. Oi Camila,
    Adorei saber mais dos contos, e nossa, preciso desse livro pra ontem.


    tenha uma ótima sexta =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  5. Esse, graças a uma certa Camila, eu já li. Fui até a metade, parei para ler um livrão do tio King, indicação da mesma famigerada Camila, e terminei em seguida. Gostei dO Vilarejo, mas compará-lo a qualquer coisa do King é meio demais. O autor domina a violência porém ainda precisa aprender a lidar com o terror mais sutil. Eu daria quatro estrelas. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi Camila, já fiz as minhas compras de livros para as férias... ainda não comecei a ler A Garota no Trem, mas já está na mala de viagem, rsrsrs beijosss!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá Camila

    Houvi ótimas criticas sobre os contos de vilarejo, ainda morro de curiosidade de ler.
    Beijos

    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Camila, nem passava pela minha cabeça que este livro era de contos e sobre os pecados capitais... rsrsrs... já tinha visto este livro por ai, mas ainda não tinha lido nada sobre ele... parece muito interessante..

    livros terapias / Sorteio de Fim de ano

    ResponderExcluir
  9. Já ouvi falar desse livro... e mal. Fiquei até ressentido ao ler uma resenha falando muito mal desse livro. E por isso perdi totalmente o interesse na história, fiquei feliz ao ver sua resenha mais que positiva em relação a ela! o/

    Blog Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir
  10. Saudade dos seus posts temáticos, sabe, tipo crônicas. :,(

    ResponderExcluir
  11. Oi Camis!
    Que bom que a sua crítica foi positiva, me interessei agora. Só ouvi gente falando mal desse livro, mas confio no seu gosto!

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Li o livro e gostei, mas não gostei tanto quanto você. O livro é bom, mas eu esperava mais. Mas é um bom livro de terror, só não acho que ele seja o King brasileiro. Isso não é mesmo. Ele precisa comer muito feijão com arroz e escrever muito melhor para chegar aos pés do King. Digo isso mesmo sem ser um fã alucinado do autor. rs

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de dezembro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...