Páginas

08 outubro 2014

Top 5 – Escritores de terror


TOP 5 - ESCRITORES DE TERROR

Hoje quero enumerar aqui os 5 escritores mais importantes (em minha opinião) para o gênero de terro que você não pode morrer sem conhecer ao menos uma obra.

Classificar os melhores é bem complicado, porque nem sempre agrada a todos, mas acredito que ao menos 3 nomes dessa lista que criei são unanimidade entre os fãs. Ah, também quero ressaltar que a ordem que eu vou colocar aqui não significa, necessariamente, a ordem de qualidade. Já foi difícil escolher 5 deles, delimitar uma ordem é quase impossível.

1 – Stephen King


Impossível falar de terror sem citar o nome mais conhecido no meio literário e cinematográfico. King parece ter seduzido tanto leitores quando produtores de filmes, porque suas obras são campeãs de adaptações e até quando ficam ruins... Ficam ótimas!

Mr. King tem a capacidade de nos transportar para dentro de seus horripilantes romances e nos prender por noites e noites de pesadelos. É imprescindível conhecer pelo menos 3 de suas mais de 60 obras antes de morrer. Quase obrigatório para fãs de terror.

2 – Edgar Alan Poe


Como não colocar o mestre do suspense sombrio aqui nesta lista. Poe consegue nos encantar e aterrorizar ao mesmo tempo. Seus contos serviram de base para diversas histórias, músicas, filmes e outros contos. 

Vários escritores fantásticos são crias de Poe e até mesmo uma série foi criada embasada em seus poemas.
Poe consegue ser moderno até hoje e sua forma de escrita deu origem às histórias góticas que tanto nos atrai hoje. Leitura obrigatória também.

3 – Bram Stocker


Será que preciso dizer alguma coisa? Bram Stocker nos apresentou a criatura mais terrível de toda a literatura fantástica que perpetua até hoje como um dos seres mais temidos de todos: O Conde Drácula.

A genialidade de Stocker ao criar uma criatura que se alimenta do sangue dos humanos foi tão admirada que até hoje nascem escritores seguindo seus passos. Mas enganam-se quem pensa que ele estaria feliz ao ver a modinha de vampiros bons que existem atualmente, o monstro de Bram Stocker é impiedoso, maligno e sem um pingo de sentimento.

4 – Anne Rice


Em minha opinião, Anne Rice foi a primeira a expor as criaturas mais diabólicas de Bran Stocker de uma forma diferente. Ela criou vampiros como Lastat que traziam em seu coração um completo vazio de sentimentos. Vampiros sanguinários e aproveitadores.

Mas também criou Louis, um vampiro mais racional e sentimental. Que buscava algo mais do que apenas sangue e aniquilação ao seu redor. A partir daí os escritores sentiram-se livres para criar diversos tipos de criaturas, cada um com sua particularidade. Mesmo assim, é uma das melhores escritoras desse gênero que não se limita apenas aos sugadores de sangue, mas também aos Lobos e bruxas.

5 – André Vianco


Sim. Eu não poderia terminar minha lista sem colocar ao menos um brasileiro nele. Vianco segue os passos de Bram Stocker e criou vampiros malignos em sua primeira série chamada de OS SETE.  André Vianco é um escritor brilhante que busca nos clássicos, inspiração para sua escrita moderna.

Acredito que no Brasil, nenhum outro escritor o supera no suspense e uma vez que conhecemos suas criaturas, fica difícil largar a leitura. Vianco também escreve sobre demônios e anjos, mas sem seguir modinhas, o que é ótimo, pois nenhum de seus livros se perde em romances açucarados. Esse cara tem o terror correndo nas veias e é por isso que ele fecha o meu Top 5. 

10 comentários:

  1. Destes, só ainda não li Edgar Alan Poe, mas como tenho um livro dele em casa, pretendo ler o mai breve possível já que adoro o gênero!

    Beijokss, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poe é fantástico! Vale a pena ler tudo que ele escreveu com toda certeza. Ele influenciou todos os meus escritores preferidos! :)

      Excluir
  2. Forgive a ignorância, Lady Camila, mas eu nunca havia ouvido falar do André Vianco.

    Este foi um de seus melhores posts.

    Meu preferido é Edgar Allan Poe, apesar de eu ter sido criado pelo genial Bram Stocker.

    Não sou tão mau assim, apenas sou egoísta e não sobrevivo sem sangue. Mas, só bebo sangue feminino. Gosto, igualmente, de vinho, bife de fígado e beterraba.

    Um beijo no pescoço, Lady Camila!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querido, Drácula! Acho que sei quem é vc... bem de qualquer forma, leia o Mr. Vianco, porque ele escreve sobre vapiros como vc, magníficos e diabolicamente malévolos!
      Beijos

      Excluir
  3. oi Mila

    Livros de terror eu não curto muito não, prefiro os filmes.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  4. Olá Camila
    Sou muito medroso para ler algo do gênero rsrsrsrs
    Bjux

    ResponderExcluir
  5. Oi Camila, aqui em casa eu tenho uma coleção do Stephen King, acho ele demais... eu não muito fã de livros de terror, mas os dele eu adoro... beijosss!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Camila! Só me falta conhecer o André Vianco. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Então, eu só conheço os três mais pops mesmo. O Drácula já está na minha lista de leitura... E falando nele, ontem eu assisti um filme de terror muito engraçado (sabe, daqueles que são tão ruins que chegam a ser comicos?), acho que era A hora do espanto 2. Ele conta a história de uns adolescentes que vão para Romênia fazer curso. Bem, minha questão é (para vc me responder depois ou criar algum post por aqui sobre isso sei la), no filme eles (estudantes de história) que o Drácula na realidade era uma mulher (?). Você sabe quais são as lendas que envolvem o Drácula? Ainda estou fuxicando seus post desse mês, mas podia fazer algo sobre os vampiros para esse ou o proximo ano :)

    p.s.: to achando que nesse filme colocaram um drácula como mulher só para atiçar o público masculino com peitchinhos.

    ResponderExcluir